Notícias

Artigo | 2 minutos

Produtividade e horário de trabalho

Thursday, July 9, 2020
Artigo | 2 minutos
Produtividade e horário de trabalho

Tem sido frequente a publicação em órgãos de comunicação social de artigos que relacionam horas de trabalho e produtividade. A lógica que sustenta estes artigos é a de que a redução de tempo de trabalho conduz ao aumento da produtividade. É exemplo disso a capa do Jornal de Notícias do dia 4 de março com título em destaque:

“Produtividade é mais alta nos países onde se trabalha menos horas”

O título insinua que, trabalhar menos horas (causa) conduz a maior produtividade (efeito). Mas será que a relação causa-efeito entre produtividade do trabalho e horas de trabalho está corretamente definida?

Claramente, não está! A relação causa-efeito é a inversa. Quanto maior a produtividade, maior a riqueza gerada por trabalhador o que permite reduzir o horário de trabalho com menor ou nulo impacto no rendimento obtido por trabalhador.
Quando a produtividade é reduzida, é necessário maior tempo de trabalho para produzir mais e gerar riqueza suficiente para compensar, adequadamente, os seus trabalhadores. Uma redução do tempo de trabalho (sem qualquer outra ação de melhoria do processo ou na captura de valor) origina menor produção e, como tal, menor produtividade.

Existe uma certa “crença” de que a redução do horário de trabalho, por efeito de motivação dos trabalhadores, conduz a uma maior produtividade. Mas pensemos, como exemplo, num processo industrial simples em que o tempo pré-definido de realização de uma dada operação é de 5 minutos. A produtividade só aumentará, neste caso, se por alteração tecnológica ou de método de trabalho, for possível reduzir o tempo necessário para realizar a operação.

Concluindo, a relação causa-efeito deve ser: O horário de trabalho é tendencialmente menor nos países onde a produtividade é mais elevada!


634
Fonte: Assistencia técnica/CTCP

Voltar

Relacionado