Notícias

Uma viagem ao passado do calçado desportivo

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2023
Sapatilhas: Marcas Portuguesas do Estado Novo ao Virar do Milénio”. Casa do Design de Matosinhos
Uma viagem ao passado do calçado desportivo

Está pronto para uma viagem ao passado? É essa a proposta da nova exposição “Sapatilhas: Marcas Portuguesas do Estado Novo ao Virar do Milénio”, patente na Casa do Design de Matosinhos. Com curadoria de Pedro Carvalho de Almeida, esta exposição parte de uma coleção única com mais de 500 sapatilhas e promete uma viagem ao século passado cheia de nostalgia e boas memórias, apresentando uma parte do legado da indústria nacional de calçado desportivo.

Celtex, Centro, Cross, Desportex, Gitto’s, Jorui, Mind, Sanjo, Valcor e Xávi Sport são algumas das 100 marcas concebidas e fabricadas em Portugal que pode encontrar nesta mostra, onde se explora o significado cultural, social, político e económico que as marcas representam. Há, igualmente, uma instalação audiovisual que pretende activar a memória e com ela o convite aos visitantes para contribuírem com informação, testemunhos ou questões, participando na construção activa de uma memória identitária, colectiva, em permanente evolução. A exposição propõe ainda uma breve contextualização histórica e uma leitura aprofundada sobre as marcas Sanjo e Cortebel, mas sobretudo a revelação de um acervo de outras marcas caracterizadas por pequenas séries, modelos para diferentes práticas desportivas e as respectivas embalagens.

De acordo com Pedro Carvalho de Almeida, “as sapatilhas ganham dimensão global como um dos ícones da cultura contemporânea”, explica o curador à NiT. "Numa época em que as sapatilhas ganham dimensão global como um dos ícones da cultura contemporânea, Sapatilhas: Marcas Portuguesas, do Estado Novo ao Virar do Milénio procura dar a conhecer o legado da indústria nacional de calçado desportivo. Partindo de uma coleção única de mais de 500 modelos de sapatilhas representativas de um universo de 100 marcas concebidas e fabricadas em Portugal, esta exposição explora o significado cultural, social, político e económico que as marcas representam. Propõe-se uma breve contextualização histórica, uma leitura aprofundada sobre as marcas Sanjo e Cortebel, mas sobretudo a revelação de um surpreendente acervo de outras marcas caracterizadas por pequenas séries, modelos para diferentes práticas desportivas e as respetivas embalagens".

Esta exposição resulta de uma co-produção entre a Câmara Municipal de Matosinhos/esad—idea e Investigação em Design e Arte e propõe simultaneamente uma retrospectiva histórica e um espaço de reflexão crítica, procurando saber como a memória das sapatilhas de fabrico nacional pode ser resgatada, entendida e preservada, e como os recursos produtivos a que temos acesso, materiais e imateriais, podem ser melhor aproveitados e criativamente potenciados.

A exposição pode ser vista de 11 de Fevereiro até 27 de Agosto na Casa do Design, de segunda-feira a sexta-feira das 9 horas às 12h30 e das 14 horas às 17h30. Sábados, domingos e feriados abre das 15 às 18 horas. A exposição tem entrada livre.

Mais informações em: https://casa-design.pt/

Fonte: APICCAPS
713

Voltar