Notícias

Como pode utilizar materiais nacionais na produção de calçado?

terça-feira, 5 de dezembro de 2023
Linho, cânhamo, lã e burel foram alguns dos materiais analisados no Webinar "Materiais nacionais na produção de calçado".
Assista ao vídeo.
Como pode utilizar materiais nacionais na produção de calçado?

O desenvolvimento sustentável é um tema cada vez mais premente em todos os setores de atividade produtiva, estendendo-se naturalmente ao cluster do calçado em Portugal. Nos processos de desenvolvimento de produto, a seleção de materiais é um fator crítico para a melhoria de desempenhos em termos de eco-eficiência, que podem trazer benefícios acrescidos para a diferenciação da ofertas. Mas os processos de seleção e obtenção de matéria-prima, numa lógica de desenvolvimento sustentável, implicam desafios para os modelos operativos das empresas, podendo ainda implicar transformações a nível organizacional.

Neste contexto, no âmbito do projeto BioShoes4All, o CTCP promoveu um webinar designado "Materiais nacionais na produção de calçado", no passado dia 28 de novembro. Nesta sessão, o orador abordou o tema da seleção de materiais e a opção por materiais biológicos produzidos em Portugal, nomeadamente os ciclos de produção do linho, cânhamo, lã e burel. Foram aprofundados alguns exemplos de calçado representativos de abordagens que incorporam matéria-prima nacional nos seus processos de produção, nalguns casos obtida diretamente da origem.

Se não teve oportunidade de participar no webinar, pode agora assistir ao vídeo disponível no canal do Youtube do CTCP.




Orador:
Pedro Carvalho de Almeida
Departamento de Comunicação e Arte, Universidade de Aveiro
Instituto de Investigação em Design, Media e Cultura (ID+)


Este webinar foi desenvolvido no âmbito do projeto BioShoes4All - Inovação e capacitação da fileira do calçado para a bioeconomia sustentável, projeto nº 11, investimento apoiado pelo PRR – Plano de Recuperação e Resiliência, na sua componente 12 – Bioeconomia Sustentável e pelos Fundos Europeus NextGeneration EU.Para mais informação consulte o website recuperarportugal.gov.pt.
Esta publicação reflete apenas as opiniões dos autores, o PRR – Plano de Recuperação e Resiliência e o Fundo Europeu NextGeneration EU não podem ser responsabilizados por qualquer uso que possa ser realizado com as informações nela contida.


741

Voltar