Notícias

Klaveness premeia design de calçado ortopédico

quarta-feira, 13 de abril de 2022
Jovem italiano é o vencedor
Klaveness premeia design de calçado ortopédico

Foi em outubro de 2021 que, o CTCP recebeu 11 jovens provenientes de Espanha, Itália, Grécia e Roménia para uma atividade de formação, no âmbito do projeto europeu SciLed Erasmus+.

Os estudantes desenvolveram em duas semanas, quatro modelos de calçado, umpor grupo, onde aliaram o conforto e a sustentabilidade a um design inovador. Ver resultados AQUI.

No último dia da experiência cada grupo apresentou o seu modelo, aos parceiros do projeto. Surpreendido com os resultados apresentados, Mario Gil Moreira – Manager da Klaveness, uma das empresas parceiras deste projeto Europeu, elaborou um concurso onde desafiou os jovens a criar um design de calçado ortopédico, no qual o melhor projeto apresentado seria premiado.

Os projetos a concurso foram avaliados com base na originalidade do design, da seleção de materiais, das técnicas utilizadas e da narrativa do produto, por um júri composto por elementos da Klaveness, do CTCP- Centro Tecnológico do Calçado e da CEC- Confederação Europeia da Indústria Calçado.

Mario Gil Moreira, conta-nos que “a empresa ficou bastante bem impressionada com as propostas apresentadas tendo em conta que os estudantes não são da área do calçado”.

O vencedor deste concurso foi o jovem Gianluca Pegolo, um estudante italiano da área do design, que embora não sendo o calçado a sua área, após este contacto com o setor, considera esta uma possibilidade “ainda não tenho a certeza se serei designer de calçado ou se explorarei outras áreas do design, mas esta iniciativa, fez-me realmente pensar em entrar na indústria do calçado” afirma e acrescenta que gostaria, no futuro próximo de "ter a possibilidade de fazer um estágio numa destas empresas de calçado".

Gianluca afirma também que “a indústria devia apostar em mais iniciativas como esta, que são enriquecedoras tanto para as empresas como para os alunos. Uma vez que, os alunos como eu têm a possibilidade de se desafiarem e trabalharem para um cliente real e de usufruírem de ideias novas”.

"Penso que esta iniciativa foi óptima, deu-me a possibilidade de estar em contacto com as empresas que tive o prazer de visitar em Portugal e de trabalhar num briefing para um produto real, que precisa de cumprir as rigorosas características de design para um sapato ortopédico, um verdadeiro desafio!" conclui este jovem.




523

Voltar

Relacionado