Notícias

Zero químicos na Esprit

Tuesday, December 11, 2012
Zero químicos na Esprit

A Esprit comprometeu-se a eliminar todos os químicos perigosos da sua cadeia de aprovisionamento de têxteis e vestuário até 2020, juntando-se à iniciativa Roadmap to Zero lançada por várias marcas e retalhistas no ano passado. O anúncio surge após o relatório da Greenpeace, Toxic Threads – The Big Fashion Stitch-up, que encontrou resíduos de vários químicos perigosos nos produtos da Esprit. A Esprit afirma que o grupo Greenpeace testou nove peças de vestuário mas que todos se revelaram seguros e dentro dos limites legais.

Contudo, duas das nove peças testadas excediam os seus próprios limites, apesar de estarem dentro dos limites legais. A empresa de moda também revelou que está no processo de implementação do Higg Index da Sustainable Apparel Coalition para medir a sustentabilidade e o impacto ambiental na sua cadeia de aprovisionamento. «A Esprit colabora com outras marcas da indústria de vestuário e calçado, assim como com outros atores, como a indústria química, ONGs e fornecedores de matérias-primas, para assegurar o sucesso deste projeto ambicioso e compromete-se completamente com o conteúdo, ações e prazos determinados pela iniciativa conjunta de zero descargas», indicou Charles Dickinson, vice-presidente sénior da Esprit e diretor de qualidade e sustentabilidade mundial. O projeto Roadmap to Zero foi lançado em novembro do ano passado pela Adidas, C&A, H&M, Li Ning, Nike e Puma.

 

Fonte: PortugalTêxtil,10dez.2012

1128

Voltar