Notícias

Porque é que importa ter a segurança no centro das atenções?

Semana Temática: Prevenção e Segurança no Trabalho

segunda-feira, 29 de abril de 2024
Conheça os benefícios de apostar na segurança como uma ferramenta de gestão
Porque é que importa ter a segurança no centro das atenções?

No dia 28 de abril comemora-se O Dia Mundial de Prevenção e Segurança no Trabalho, em Portugal e em vários países, para homenagear as vítimas dos acidentes de trabalho e das doenças profissionais, relembrando a necessidade de promover ambientes de trabalho seguros e saudáveis para todos, prevenindo acidentes e doenças profissionais.

Muitas vezes a segurança e saúde no trabalho é encarada de forma muito restrita, meramente uma obrigação legal. A Segurança quando integrada como uma ferramenta de gestão, traz consigo uma série de benefícios, dos quais destacamos aqui alguns:

- Gerir o tempo: todos reconhecemos que o tempo é um recurso escasso, sempre em contagem decrescente. A intervenção da segurança e saúde no trabalho, também tem em conta quando um trabalhador se desloca demasiadas vezes, seja para levar, procurar, buscar, esperar, substituir, refazer, que são tarefas que trazem desperdício de tempo quando têm causas não planeadas (estas deslocações trazem intrinsecamente mais fadiga e perdas de tempo irrecuperáveis que, se eliminados, seriam usados para fazer tarefas úteis). Falta de tempo, pode levar a pressas, precipitações, palpitações de última hora, erros, falta de paciência, comportamentos inseguros, comportamentos e ambientes tensos. Comportamentos inseguros podem levar a acidentes. Portanto, investir na segurança é também investir na gestão do tempo;
- Gerir energia: quando por exemplo observarmos fugas de ar comprimido nas tubagens ou nas máquinas, esta fuga para além de acrescentar ruído ao ruído no ambiente de trabalho é também desperdício de energia. Ruído a mais, obriga a falar mais alto, a repetir mais vezes instruções, o que provoca cansaço, irritação e fadiga auditiva. Então, investir em manutenção e na segurança tem, portanto, impacto na poupança de energia, das máquinas e das pessoas; 
- Gerir materiais: quando um produto químico de base solvente, não é utilizado de forma segura, ou está em recipiente que permanece aberto quando não está a ser aplicado, por um lado, pode ser derramado e por outro, está permanentemente a ser evaporado sem estar a ser utilizado, o que representa um desperdício. A segurança no trabalho também é gerir produtos de forma eficaz e segura, poupando produto e a saúde do trabalhador, uma vez que se melhora a qualidade do ar;
- Bem-estar das pessoas: investir na segurança e no bem-estar de todos, demonstra preocupação, cuidado, zelo e respeito, promovendo um ambiente de trabalho mais saudável e gratificante.  Um bom ambiente de trabalho, não só melhora a qualidade de vida dos trabalhadores, como promove a satisfação no trabalho, uma estratégia inteligente que só traz benefícios para a organização;
- Impacto na produtividade: porque é que ambientes de trabalho seguros tendem a ser mais produtivos? Porque as pessoas estão mais envolvidas, mais motivadas. E em locais onde há menos acidentes, há menos tempo perdido, o que significa mais tempo disponível para realizar os trabalhos de forma eficiente e eficaz. E isto claramente contribui para a sustentabilidade da empresa;
- Melhor qualidade do produto: trabalhadores que se sentem seguros e valorizados, tendem a ser mais atentos, comprometidos e produtivos, porque «vestem a camisola» e isso reflete-se na qualidade do produto e na prestação do serviço ao cliente. A qualidade do produto não resulta apenas da boa execução técnica, mas também da dedicação e do entusiasmo dos trabalhadores naquilo que estão a fazer. Portanto, podemos dizer que a satisfação do trabalhador leva à satisfação do cliente, e satisfação do cliente leva ao crescimento sustentável da empresa;
- Reputação da empresa: não podemos esquecer que Segurança e reputação são grandes aliadas. Empresas que demonstram um compromisso com a segurança, são vistas como responsáveis, éticas, e preocupadas com o bem-estar dos trabalhadores. Além das obrigações legais, há uma expectativa crescente dos clientes para que as empresas operem de maneira ética e responsável, realizando auditorias onde atribuem depois uma avaliação, abaixo da qual não aceitam parceria. Portanto, investir em Segurança é investir em boas parcerias, para com os trabalhadores e para com os clientes;
- Redução de custos: investir em medidas de segurança resulta em economia de custos, uma vez que prevenir acidentes ou incidentes, significa menos tempo perdido, menos perdas da ausência do trabalhador que se vitimou, menos despesas com tratamentos, reparações, danos em equipamentos e perdas de produção.

Talento em atrair talentos

Não podemos esquecer ainda deste importante benefício de se investir em segurança e bem-estar: Atração e manter talento. Num mercado altamente competitivo, os trabalhadores são mais propensos a procurar e a querer permanecer numa empresa que demonstre preocupação com seu bem-estar. E as empresas que têm como prioridade a segurança no trabalho, têm mais facilidade em atrair e manter trabalhadores talentosos, que são aqueles que se distinguem por reunir competências técnicas e sociais e capacidade de adaptação a determinados contextos. Portanto, investir na segurança é um fator diferenciador para atrair e manter pessoas talentosas na empresa.

Na Segurança não há «eles» e o «nós»
Os assuntos da segurança no trabalho, não se remetem apenas ao trabalhador, ao operacional de chão de fábrica. «No trabalho», serve apenas para definir o âmbito «trabalho», uma vez que também há segurança rodoviária, segurança doméstica, segurança pública, segurança da aviação, e tantas outras áreas onde a segurança é crucial. Portanto, quando referimos «segurança no trabalho» é segurança de todas as pessoas que trabalham na organização, independentemente da sua função ou cargo.
A segurança no trabalho e a prevenção são responsabilidades partilhadas entre todos os que colaboram na organização e estão expostos a riscos diferentes mas cada um, sem exceção, deve igualmente seguir comportamentos seguros. O compromisso e o envolvimento de todos na segurança é fundamental para criar ambiente de trabalho seguro e saudáveis.
O regime jurídico da promoção da segurança e saúde no trabalho, refere que o empregador deve «zelar de forma continuada e permanente o exercício da atividade em condições de segurança». Como podemos ver, o legislador escreveu «zelar», que é um verbo de ação, que significa «tomar conta, cuidar, interessar-se». E depois o legislador ainda reforçou «de forma continuada e permanente». Portanto, o empregador tem de garantir que as condições de segurança existam para cuidar e depois ainda tem de assegurar que sejam executadas em segurança. A importância do «Nós» na organização, parte também de que cada um individualmente, tem de fazer a sua parte, respeitando as regras com comportamento individual alinhado com os princípios da segurança definidas na organização para que a missão resulte como um todo. Portanto, só com um compromisso coletivo, em todos os níveis, independentemente do cargo e da função, é que se pode desenvolver uma cultura de segurança e dessa forma, promover um sentimento de comunidade, de pertença num lugar seguro.

Podemos resumir com toda a segurança que…

A segurança no trabalho é um investimento estratégico que vai além das exigências legais! Investir em segurança traz benefícios tangíveis e intangíveis para a organização como um todo, promovendo a sua sustentabilidade.

Para refletir
As condições de segurança e saúde no trabalho têm de estar sempre de braço dado com a atividade diária, todo o dia, todos os dias, acreditando que faz sentido, porque é a nossa saúde e segurança que temos de preservar e cuidar.
Pensemos nas vítimas dos acidentes de trabalho e de doenças profissionais. Pensemos nas dificuldades que terão nas suas vidas. Pensemos nas dificuldades que as famílias delas terão e como tiveram de se adaptar. Pensemos nas suas vidas: nunca mais foram as mesmas.

Seja um agente ativo na segurança.
Tenha um dia feliz e seguro, todos os dias!


Fonte: Artigo escrito por Anabela Neves, Técnica Superior de Segurança no Trabalho do CTCP
232

Voltar