Notícias

Greenshoes4all

Guia Eco-Design para a Indústria do Calçado

Tuesday, July 7, 2020
Greenshoes4all
Guia Eco-Design para a Indústria do Calçado

 O CTCP promoveu a elaboração de um guia sobre Eco-design para a indústria de calçado, que apresenta estratégias que as empresas podem utilizar, para desenvolver produtos com menor Pegada Ambiental.
Trata-se de um pequeno guia, desenvolvido pelo parceiros do projeto europeu Life GreenShoes4All (www.greenshoes4all.eu), para suportar as empresas que incorporam o eco-design no desenvolvimento de produtos de calçado com menor impacto ambiental.

O desenvolvimento de produtos “verdadeiramente” ambientalmente sustentáveis começa com o processo de design que deve ser baseado na Avaliação do Ciclo de Vida. Nesta fase é fundamental definir o conceito do calçado e considerar toda a sua cadeia de valor, desde a seleção dos materiais ao fim de vida dos produtos.

O eco-design pode ser definido como a “integração dos aspetos ambientais no design e desenvolvimento do produto, com o objetivo de reduzir os impactes ambientais adversos ao longo de todo o ciclo de vida do produto” e deve ser aplicado numa fase inicial do desenvolvimento do produto conduzindo à melhoria das especificações de design. O objetivo passa por desenvolver novos produtos sustentáveis, minimizando o impacto ambiental ao longo de todo o ciclo de vida, sem comprometer o desempenho, funcionalidade, qualidade, segurança ergonomia e custo. É necessário encontrar o balanço adequado para desenvolver produtos que cumpram os requisitos ambientais, o negócio da empresa e as expectativas do consumidor.

Estratégias do Eco-design
Atualmente, estão disponíveis diversos métodos e ferramentas para suportar a implementação do eco-design.
incluindo as matrizes-MET, listas de verificação, listas de estratégias, indicadores eco, pegada de carbono. 10 regras de ouro, ACV, entre outros.

Cada uma destas ferramentas é apresentada de forma mais detalhada neste guia, bem como exemplos práticos do setor onde cada uma delas se pode aplicar.

A ferramenta mais adequada para cada empresa/caso deve ser selecionada de acordo com o tipo de produto, etapa do processo de desenvolvimento, objetivos da empresa, equipa de desenvolvimento e recursos alocados.

Benefícios do Eco-design

A implementaçao do eco-design, durante o processo de desenvolvimento do produto pode incluir diversos benefícios potenciais, em diferentes dimensões, nomeadamente:
-Benefícios económicos por otimização do uso dos materiais e energia, eficiência dos processos e redução da produção e deposição de resíduos.
-Promoção da inovação e criatividade
-Identificação de novos conceitos de produto e novos modelos de negócio
-Melhoria da imagem da empresa e/ou marca
-Motivar os trabalhadores
-Redução do risco ambiental e humano
-Cumprimento com os requisitos legais
-Contribuir para a fidelização do consumidor

O Projeto
O projeto Life GreenShoes4All (www.greenshoes4all.eu), apoiado pela Comissão Europeia no âmbito do programa Life tem como objetivo implementar, demonstrar e disseminar a metodologia da Pegada Ambiental de Produtos (PAP) de calaçdo; desenvolver novas soluções de reciclagem e manufactura e um eco-design eficiente para produtos de calçado com menor PAP.

Aceder ao guia AQUI.



897
Fonte:

Voltar

Relacionado