Projetos

VETing Green - Formação Profissional para a Indústria de Calçado e Têxteis em Observação e Orientação contra o Greenwashing

ERASMUS_logo_300x85.jpg

Acrónimo: VETing Green

Título : VETing Green - Formação Profissional para a Indústria de Calçado e Têxteis em Observação e Orientação contra o Greenwashing

Data Início: 01/09/2023

Data Conclusão: 28/02/2026

Área Tecnológica: Formação e Recursos didácticos

Setor Atividade: Diversos

Resumo

O contexto global incentiva a transição para uma economia ecológica com base na mesma compreensão de produção sustentável e desinformação. Em conformidade com a Agenda 2030 da ONU para o Desenvolvimento Sustentável e os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), a UE está a implementar o Plano de Ação para a Economia Circular (CEAP), um elemento fundamental do Pacto Ecológico da UE, visando tornar-se o primeiro continente neutro em carbono até 2050. Parte do CEAP combate alegações ambientais enganosas: os legisladores da UE estão atualmente a trabalhar em duas propostas, nomeadamente, a Diretiva para capacitação dos consumidores para a transição ecológica através de uma melhor proteção contra práticas desleais e de melhor informação e a Diretiva Alegações Ecológicas, dirigidas aos consumidores e indústria, respetivamente.

O Projeto Erasmus+ VETing Green tem como objetivo diferenciar estratégias de negócio ambientalmente sustentáveis de estratégias de marketing sem sustentação que constituem o "greenwashing". Graças a uma parceria sólida entre produtores de calçado, entidades de educação e formação e representantes de consumidores de diferentes países da EU, o projeto contribuirá para uma compreensão partilhada de práticas e conceitos sustentáveis, visando aprimorar a transparência e evitar o "greenwashing" intencional e não intencional por parte de empresas do setor do calçado e outras indústrias.

No final do projeto, o VETing Green facilitará o conhecimento entre atuais e futuros trabalhadores do setor, assim como entre os consumidores de calçado e outros produtos têxteis, a fim de discernir modelos de negócio sustentáveis daqueles que parecem ser sustentáveis devido a técnicas de marketing de "greenwashing" (branqueamento ecológico). Além disso, a metodologia para transmitir esse novo conhecimento sobre "greenwashing" será mais atraente para estudantes e profissionais de Formação Profissional (FP), graças a ferramentas digitais com uma abordagem centrada no formando.

Objetivos
- Apoiar os legisladores e autoridades públicas na transição para políticas mais ecológicas nos setores do calçado e relacionados, enquanto combate práticas antiéticas que exploram a disposição dos consumidores em proteger o meio ambiente.
- Dar informações sobre questões ambientais para comunidades de formação profissional (FP) e profissionais em processos de aprendizagem ao longo da vida, assim como outros atores chave, e incentivar as empresas a alterar as suas políticas atuais para políticas cada vez mais sustentáveis.
- Sensibilizar os trabalhadores e os consumidores do setor do calçado para a rastreabilidade e a rotulagem dos produtos e consumidores, promover as decisões conscientes dos consumidores e provocar uma mudança na indústria do calçado graças às melhores práticas e estratégias para comunicar informações transparentes sobre a sustentabilidade.

Resultados esperados
- Conhecimento geral a nível europeu no setor do calçado para definir corretamente, identificar e combater o "greenwashing" e a desinformação.
- Aumentar a consciencialização dos trabalhadores e consumidores para fazerem melhores escolhas.
- Preparar os estudantes de FP, professores, empreendedores e profissionais em processos de aprendizagem ao longo da vida em questões ambientais.
- Criar uma ferramenta para FP digital atrativa para o setor do calçado, cujo conteúdo pode ser facilmente replicado.

Voltar