Notícias

Transformação digital impulsiona produção ágil e customizada de calçado injetado

quinta-feira, 15 de junho de 2023
Integração da Indústria 4.0 e Ferramentas de Previsão impulsionam a eficiência, otimização e personalização na indústria de calçado, alavancando a competitividade e sustentabilidade das empresas.
Transformação digital impulsiona produção ágil e customizada de calçado injetado

A Indústria 4.0 ou Digitalização é um tema estratégico para qualquer empresa do cluster do calçado que pretenda manter ou reforçar a sua competitividade. 
No nosso cluster, a Indústria 4.0 alavanca formas de produzir que se materializam em produtos com menor pegada ambiental e custos, fabricados por integração de tecnologias digitais, que tornam os processos mais eficazes e flexíveis. 

Para que a transformação digital tenha eficácia e alcance precisa de focar as áreas críticas da empresa, considerando: (1) a digitalização da produção, que permite a integração de sistemas de informação avançados que ajudam na gestão e no planeamento da produção; (2) a automatização, através da implementação de sistemas avançados de produção e ilhas de produção inteligentes; (3) o intercâmbio automático de dados, que assegura a ligação entre equipamentos, sistemas, pessoas e produtos, para uma gestão global da cadeia de valor e (4) a comercialização dos produtos suportando as vendas de materiais, componentes e calçado, quer sejam realizadas nos canais tradicionais ou online.

Nos últimos anos, têm-se verificado vários desenvolvimentos e inovações no campo da customização e produção ágil de calçado injetado, especialmente no que diz respeito à integração de ferramentas de previsão da procura e planeamento do processo de injeção. Essas ferramentas desempenham um papel crucial na otimização da produção, garantido uma resposta rápida e eficiente às necessidades do mercado. 

Sistema de previsão da procura
A previsão da procura é uma ferramenta que permite que as empresas estimem, com um certo grau de precisão, a quantidade de produtos que serão necessários num determinado período para atender às necessidades do mercado, com o intuito de evitar a escassez ou o excesso de bens. O sistema foi desenvolvido tendo por base um conjunto de técnicas estatísticas e algoritmos de Machine Learning. No contexto da customização e produção ágil de calçado injetado, a ferramenta de previsão da procura desempenha um papel fundamental no planeamento da produção, permitindo que as empresas ajustem a capacidade de produção de acordo com as estimativas de procura.

Com base em dados históricos de vendas passadas da empresa, tendências e análises de mercado e outros fatores externos que possam influenciar os resultados futuros, como por exemplo padrões sazonais, esta ferramenta de previsão da procura pode ajudar as empresas a determinar qual o design, materiais, cores e até quais são as características técnicas de calçado mais populares num determinado momento. Em concreto, este sistema permite dar resposta a duas necessidades distintas do setor do calçado. Por um lado, fazer a previsão de vendas de produtos já em comercialização, usando o histórico de vendas existente para treinar o algoritmo de previsão e antecipar o comportamento do mercado. Por outro lado, prever as vendas de novos produtos que vão ser introduzidos no mercado pela primeira vez, tratando-se, portanto, de artigos sem histórico. Neste caso, a previsão assenta na identificação de um conjunto de artigos semelhantes com histórico de vendas e na exploração do seu comportamento, através da análise de tendências e sazonalidade. O sistema foi pensado para fazer a previsão a 6 meses, contudo apenas os valores da previsão relativos ao primeiro mês são efetivamente usados, uma vez que as previsões são atualizadas mensalmente.

Planeamento da produção do sistema de injeção
A injeção é um dos processos mais críticos da produção de calçado pela complexidade associada à máquina de injeção e respetivas restrições operacionais, nomeadamente a disponibilidade de moldes por tamanhos, as trocas de cores possíveis, tempos de estabilização após a injeção, entre outras. Nesse sentido, a ferramenta de planeamento do processo de injeção é uma abordagem que auxilia as empresas no que diz respeito à organização e otimização das etapas de produção de calçado injetado, desde o planeamento da produção até à execução do processo de injeção propriamente dito. Esta ferramenta tem em consideração a otimização do sistema produtivo assente em requisitos operacionais, tais como produção de pequenas quantidades, número de posições de injeção por máquina, multimaterial injetado, compatibilidade entre modelos, setups e changeovers. Como tal, foi desenvolvida uma Heurística Construtiva que otimiza o processo de injeção, ajudando o operador a determinar as melhores encomendas a serem produzidas em função dos moldes disponíveis, cores de cada modelo, entre outros. Além disso, a ferramenta de planeamento do processo de injeção inclui a monotorização contínua do desempenho do sistema, a recolha de dados de produção e a análise de indicadores-chave de desempenho (KPIs). Assim, com base nestas informações, é possível identificar oportunidades de melhoria, reduzir desperdícios, otimizar os tempos de ciclo e maximizar a eficiência global do processo. 

Em conclusão, a integração das ferramentas de previsão da procura em simbiose com o planeamento do processo de injeção permite uma produção mais ágil e individualizada. Com base nas estimativas da procura, as empresas podem ajustar os seus recursos, cronogramas de produção e alocação de materiais, de forma a atender às necessidades específicas dos clientes de maneira mais rápida e eficiente. 

No geral, estes avanços e inovações estão a impulsionar a customização e a produção ágil de calçado injetado, permitindo que as empresas tomem decisões mais informadas, planeiem as suas atividades com maior eficiência de acordo com as necessidades do mercado e ofereçam produtos personalizados que atendam às preferências individuais dos consumidores.

Este artigo foi desenvolvido com base nos trabalhos desenvolvidos, no âmbito do projeto GreenShoes 4.0 (https://greenshoes.ctcp.pt), pelos parceiros INESC-TEC, OFICINAWARE e AMF - SAFETY SHOES.

703

Voltar