Notícias

Calçado Solidário @Footure

ANI aprova projeto do CTCP para resposta à Covid-19

Wednesday, April 29, 2020
ANI aprova projeto do CTCP para resposta à Covid-19

O CTCP acaba de ver aprovado, pela ANI- Agência Nacional de Inovação, o projeto Calçado Solidário @Footure, que tem como principal objetivo testar produtos destinados à proteção contra o COVID-19, incluindo calçado, máscaras e viseiras.

Liderado pelo CTCP, este projeto conta com a parceria e a colaboração  de empresas clientes do CTCP (LUÍS ONOFRE, VITORINO COELHO, AMF, ALOFT, PROCALÇADO e ATLANTA), da Universidade do Minho, da APICCAPS (Associação do Cluster) com capacidade mobilizadora da capacidade nacional de inovação trabalhando  e com a ANIVEC – Associação Nacional das Indústrias de Vestuário e Confeção.

Este projeto enquadra-se no âmbito da iniciativa INOV 4 COVID19, que visa autonomizar a resposta de Portugal ao surto de Covid-19, contribuir para mobilizar as cadeias de produção do país e projetar a capacidade nacional de exportação deste tipo de produtos. Esta chamada lançada recentemente pela ANI foi direcionada exclusivamente a Centros de Interface (CIT) e Laboratórios Colaborativos (CoLAB), que recebem, agora, no total, 2,7 M€ para desenvolver os seus projetos.

Além deste projeto do CTCP foram ainda aprovados, no âmbito desta iniciativa da ANI mais duas iniiciativas. O projeto “Atena” do CEiiA, para a conceção, produtização e industrialização de um ventilador médico recebeu a maior fatia de financiamento, 2,6 M€.E ainda uma iniciativa do iBET - Instituto de Biologia Experimental e Tecnológica, que visa a disponibilização de testes à Covid-19 mais rápidos e baratos, que permitiriam aumentar a capacidade instalada até seis vezes em todo o mundo. Tendo este projeto angariado um financiamento de 40 mil euros.

Segundo Eduardo Maldonado, presidente da ANI “este financiamento é essencial para apoiar projetos inovadores com aplicabilidade no curto prazo, sem prejuízo do rigor científico, não só para melhorar e aumentar a capacidade do nosso SNS, mas também para envolver as empresas nacionais, neste momento a viver uma crise económica que se prolongará por meses e eventualmente anos, permitindo converter a sua cadeia de produção com produtos com procura a nível nacional e potencial exportador. Estes projetos são importantíssimos, não só do ponto de vista da resposta imediata à crise epidemiológica, como também de uma perspetiva de reforço da própria segurança e soberania nacionais”.

Lançada recentemente pela ANI, com o duplo objetivo de responder às necessidades urgentes do SNS para fazer face à situação epidemiológica e impulsionar a produção nacional de produtos e sistemas essenciais a esse combate, a iniciativa INOV 4 COVID19.

Para mais informações contacte:
Maria José Ferreira - [email protected]



920
Fonte: CTCP

Voltar

Relacionado