Notícias

Como podem as empresas produzir sapatos exclusivos?

quarta-feira, 9 de março de 2022
CTCP estuda tecnologias que podem ser utilizadas para customização de produtos.
Como podem as empresas produzir sapatos exclusivos?

São cada vez mais os clientes que procuram um produto único e exclusivo, seja ele calçado, marroquinaria ou acessório de moda. Como podem as empresas responder a esta procura de mercado e oferecer aos clientes sapatos exclusivos? Para apoiar as empresas nesta área, o CTCP tem realizado investigação e que visa encontrar soluções, que podem facilmente ser introduzidas no processo produtivo e que permitam às empresas disponibilizar produtos únicos. A Impressão Digital UV e o Corte de Gravação Laser são duas das tecnologias identificadas, no grupo das Key Enabling Tecnologies (KETs), que permitem customizar os produtos ao gosto de cada utilizador, sejam eles feitos em pele, tecido, cortiça, borracha, termoplásticos e outros materiais.

A equipa de investigadores da unidade Inovação e Fabrico Digital do CTCP tem vindo a desenvolver estudos de aplicabilidade destas tecnologias e disseminado a sua potencialidade através de ações de demonstração e oficinas realizadas no âmbito do projeto KIT4FOOT, mas também dos projetos FEETIN4.0, SCILED, CLDS4, MetalShoe FabLab Paralelamente, têm sido promovidos diversos eventos com alunos de escolas profissionais e institutos superiores politécnicos, envolvendo demonstração e experimentação.

Um dos estudos realizados envolveu a análise da influência dos parâmetros da Impressão Digital e o cruzamento com as características do acabamento da pele (como, por exemplo, se têm tratamento repelente de água, brilho, matte etc). Também os parâmetros de gravação laser foram objeto de estudo relativamente a parâmetros como contraste, relevo, e facilidade de corte, determinantes para o acabamento final desejado para os diversos materiais.

Para verificar a qualidade e o comportamento dos materiais após  a customização são realizados vários ensaios no Laboratório do CTCP, como por exemplo abrasão Martindale, flexão Bally, fricção Veslic e outros. Os testes permitem avaliar se o material é adequado para a utilização destas tecnologias e, ao mesmo tempo, se os parâmetros utilizados foram os corretos, verificando se a qualidade se mantém ao longo da vida útil do produto.

A unidade de Inovação e Fabrico Digital do CTCP, para além de disponibilizar estas tecnologias e equipamentos, é também um espaço de experimentação, validação e teste, com um elevado grau de colaboração e conhecimento, resultando numa mais célere industrialização destes processos, promovida por um espírito de colaboração e interatividade na partilha de informações. Estando disponivel para colaborar com as empresas que pretendam implementar novos processos de customização dos seus produtos.

Este trabalho de investigação foi desenvolvido no seguimento do projeto kit4foot, cofinanciado pelo FITEC, Programa Interface.

Para mais informações contacte-nos: [email protected]


400

Voltar