Terça-Feira 16 de Outubro de 2018 é o visitante nº 8 592 411 Institucional | Mapa do Site | Localização | Contactos |
Newsletter
Ver todas

Subscrever newsletters




Links
 
 
NOTICIAS
         

  

Google Translate


Primeiro-ministro visita CTCP no Roteiro de Inovação

No passado dia 9 de março o Primeiro-ministro António Costa, acompanhado pelos ministro da Economia Manuel Caldeira Cabral, secretária de Estado da Indústria Ana Lehmann, secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares Pedro Nuno Santos, entre outros,  visitou o CTCP, onde assistiu à apresentação do Roteiro do Cluster do Calçado para a Economia Digital - FOOTure 4.0.,  que tem como objetivo colocar o setor como líder mundial na relação com os clientes, través da sofisticação  do produto, resposta rápida e nível de serviço.

O Roteiro do Cluster do Calçado para a Economia Digital vai contar com um investimento de 50 milhões de euros em 14 medidas, distribuídas por quatro eixos estratégicos: Inovação da Experiência do Cliente; Fabrico Inteligente; Qualificação e Liderança Setorial. Saiba mais sobre estas medidas AQUI.

O Primeiro-ministro e restante comitiva teve ainda a oportunidade de presenciar alguns ensaios no Laboratório do CTCP e  ficou a conhecer alguns dos materiais, componentes e tecnologias inovadoras para calçado, que o setor tem vindo a desenvolver.

Na visista à exposição PROSHOE tiveram oportunidade de conhecer  alguns dos materiais e produtos desenvolvidos pela Rede de inovação do Cluster do calçado: ShoInov, que integra cerca de 70 entidades ( empresas de base tecnológica, empresas de materiais e componentes, empresas de calçado e entidades de IDT).

Calçado de trabalho produzido sem costuras, calçado para profissionais de aviação, produtos técnicos com  características de resistência superior à água, ao escorregamento,  calçado especial para bombeiros  ou para caminhar em pisos com gelo, assim como calçado para a área da saúde e bem estar, com características de conforto  e materiais ecológicos e comportáveis (biodegradáveis) foram alguns dos produtos que tiveram oportunidade de conhecer.

Na visita ao CTCP, o Primeiro-ministro teve ainda  oportunidade de conhecer algumas empresas tecnológicas inovadoras que trabalham no setor calçado em áreas como: desenvolvimento de produtos; gestão e de processo; calçado customizado online; fabrico par-a-par; gestão da cadeia de abastecimento; loja inteligente; realidade aumentada; calçado à medida online ou medição do pé, entre outras.

No final da visita António Costa deixou a seguinte mensagem ao setor “ A inovação é fundamental para atingirmos o desígnio nacional de uma década de convergência com a europa e fulcral para que Portugal consiga ter mais crescimento, melhor emprego e maior igualdade. O Centro Tecnológico do Calçado tem sido um suporte importante para o desenvolvimento de novos produtos.”









Discursos relaizados na Vista ao Setor do calçado, no âmbito do Roteiro de Inovação

Num Roteiro que destaca a inovação em todo o país, o setor do calçado foi a terceira área a ser destacada pelo Governo. Numa visita à empresa Procalçado e ao Centro Tecnológico do Calçado, ouve um momento onde os dirigentes deixaram a sua mensagem ao setor, com destaque na inovação:


  “Não era possível fazer um roteiro da inovação que não tivesse um dia dedicado ao calçado.  A indústria de calçado é um exemplo de que a inovação é um motor de desenvolvimento. Quando quero dar um exemplo disso, o primeiro exemplo que me vem à cabeça é o calçado. A indústria de calçado soube reinventar-se e hoje o calçado que produzimos não é o calçado onde deixamos de ser competitivos há 20 anos, é um calçado de elevado valor acrescentado e onde a excelência da nossa produção voltou a fazer desta indústria uma das principais indústrias exportadoras nacionais e um modelo de competitividade",
António Costas, Primeiro-ministro


"A indústria de calçado não foi colocada no roteiro de inovação por nós, foi por si própria, pelos empresários do setor, pela APICCAPS e pelo Centro Tecnológico do Calçado, pelo esforço muito grande que soube fazer de apostar na inovação e na tecnologia.
Esta industria soube reinventar-se com empresários que souberam olhar em frente, em vez de olhar só para as dificuldades, com empresas que souberam recriar aquilo que faziam, pela sua Associação(APICCAPS) dinâmica que teve a visão da mudança que o setor permite fazer  e  pelo Centro Tecnológico que acompanhou e alavancou essa mudança permitindo que a inovação não fosse um aspeto esporádico de uma ou outra empresa, mas um tendência em todo o setor.
Esta indústria cresce hoje pala inovação e fez de um setor chamado tradicional um setor com Futuro”.
Manuel Caldeira Cabral,Ministro da Economia

 ” Em nenhum país qualquer sucesso existe sem um forte investimento em ciência, investigação cientifica e tecnológica, inovação e conhecimento.
O conhecimento vale pouco se não for usado, como a educação vale pouco se não resultar em produtos que o mercado reconheça e valorize. E o sucesso do sistema de inovação passa pelo encontro entre a oferta e a procura do sistema de educação. No caso da indústria de calçado,  a APICCAPS e o Centro Tecnológico têm conseguido que a oferta e a procura do sistema de inovação se encontre. Temos feito consórcios com mais de 20 anos, entre empresas produtoras de bens de equipamento, de calçado, componentes e de outros setores como a borracha e a cortiça, o que nos permite criar uma rede fortíssima. A indústria de calçado, por isto, tornou-o setor com maior grau de especialização da economia portuguesa e a que  tem o maior saldo comercial da economia. A inovação não é espontânea é um caminho longo feito de pequenos passos diários, com persistência e paixão”.
 Manuel Carlos Silva, Presidente Executivo da APICCAPS


Fonte: CTCP

Data:2018-03-16    Visualizações: 719


Google Translate Imprimir Enviar este registo a alguém
Voltar
Área Reservada

N.º Nif

Password

memorizar-me


ainda não se registou?
Perdeu a password?
Pesquisa de Informação




--------------------------



    Política de Privacidade | Livro de Visitas | Livro de Reclamações