Sábado 29 de Abril de 2017 é o visitante nº 8 592 411 Institucional | Mapa do Site | Localização| Contactos |
Newsletter
Ver todas

Subscrever newsletters




Links
 
 
NOTICIAS
         

  

Google Translate


Vendas on-line disparam em Portugal

O comércio online está a crescer a olhos vistos, e movimenta um negócio de milhões.


Segundo o estudo Bareme Internet, da Marketest, foram contabilizados mais de cinco milhões de utilizadores portugueses, “número que aumentou 10 vezes nos últimos 16 anos”. Já de acordo com o Barómetro trimestral do ACEPI/Netsonda, nos primeiros três meses do ano 82% dos sites inquiridos revelou um aumento do volume de vendas em relação ao período homólogo do ano anterior. Eletrónica e telemóveis (41%) e Informática (41%) lideram este ranking dos principais produtos transacionados neste período.


Todos os dias milhares de euros são transacionados pelas compras online e verifica-se uma tendência crescente de empresas a criaram o seu espaço de vendas na grande rede.

 Marcas de calçado
Internacionalmente, a  Zara foi pioneira neste novo nicho de mercado, vendendo atualmente mais na loja online do que na venda a retalho. Em Portugal, a loja abriu em 2010, seguindo-se os restantes países da Europa e, atualmente, a marca já possui lojas na China, Japão e EUA.


Outras marcas seguiram o exemplo da Zara e começaram a planear ofensivas online, nomeadamente Berska, Stradivarius, Mango, Blanco e H&M.
As redes sociais continuam, de resto, a ser um canal privilegiado pelas empresas para promoção de negócios. Só em julho, no que diz respeito a páginas visitadas, a liderança pertenceu ao Facebook, com 864 milhões, seguido do google.pt, com 768 milhões e do YouTube, com 368 milhões.

As grandes marcas portuguesas de calçado não ficam atrás desta tendência e muitas criaram, já, as suas lojas online. Luís Onofre, only2me, JJ Heitor, Guava, Eureka, Nobrand, Fly London, Ramalhoni, entre muitas outras marcas, já têm o seu espaço de vendas online.


É, também, exemplo isso a Flex & Go que em julho passado lançou uma loja online que responde a todos os pedidos vindos de clientes da União Europeia. Segundo o Diretor Geral, André Oliveira, a criação da loja online “tem como principal objetivo chegar às pessoas que não têm ao seu alcance, fisicamente, o calçado Flex&Go, em especial nas localidades onde a marca não tem presença”.
A criação destes espaços tem potenciado, acima de tudo, o aumento das vendas online, vem como a promoção e aumento de notoriedade da marca.


Fonte: Jornal APICCAPS,set2014

Data:2014-10-16    Visualizações: 1558


Google Translate Imprimir Enviar este registo a alguém
Voltar
Área Reservada

N.º Nif

Password

memorizar-me


ainda não se registou?
Perdeu a password?
Pesquisa de Informação




----------------------------------



    Política de Privacidade | Livro de Visitas | Livro de Reclamações